Top Ad 728x90

quinta-feira, 19 de abril de 2012

, , ,

INRI CRISTO: "A verdade ofende, assim, sem querer ofender ninguém, mas já ofendendo no intuito de despertar consciências"


Eis mais uma matéria publicada pelos fariseus deste século, que mesmo contrários, contribuem para a divulgação dos ensinamentos de INRI CRISTO:

__________________________________________________________________

Inri Cristo diz ser um espírito que se utiliza de um corpo para viver na Terra

 

Em entrevista ao site O Fuxico, Inri Cristo volta a criticar os evangélicos. O homem que afirma ser a reencarnação de Deus desafia os teólogos e explica que Jesus não subiu ao céu com seu corpo físico, mas somente em espírito.  

Ao site ele critica o modo como os evangélicos adoram a Deus, já que os protestantes fariam muito barulho em suas igrejas. Para Inri, eles não têm uma verdadeira intimidade com o Pai. “Evanjegue, para mim, é quem menospreza o evangelho que eu deixei. Eles negam que eu disse em Mateus, capítulo 6, versículo 6, ‘Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-te-á’. Eles esquecem que as pessoas não ficavam orando em sinagogas para seres vivos. Esquecem que eu disse para orar de portas fechadas. Precisam ter intimidade com o Altíssimo!” diz.

Inri afirma também que os evangélicos ignoram a parte da Bíblia que diz que Jesus voltaria com um novo nome e critica o pagamento exacerbado de dízimos e ofertas.“Esquecem que eu seria rejeitado por minha população, que eu viria com um nome novo. Eu deixei o que os evangélicos negam. João Batista também era o Elias e está escrito em Mateus 11, 13. Os que seguem o que falei são os verdadeiros evangélicos e os que desprezam o que eu disse não são. Aliás, eu também disse em Mateus 10, 8, ‘Dai de graça, o que de graça recebestes'. Aqueles que aceitam dar pagamento são os evanjegues.” 
Fonte: http://www.guiame.com.br/noticias/gospel/mundo-cristao/inri-cristo-diz-ser-um-espirito-que-se-utiliza-de-um-corpo-para-viver-na-terra.html

___________________________________________________________________

Sobre a ressurreição, segue uma pergunta respondida por INRI CRISTO que pode ser encontrada nos sites oficiais http://www.inricristo.org.br/index.php/pt/entrevistas/inri-cristo-300-perguntas:

Como o Senhor explica a ressurreição? Para onde foi o corpo de Cristo uma vez que desaparecera do sepulcro?

INRI CRISTO: “O mito da minha ressurreição física ao céu é um engodo dogmático, a pedra de tropeço da humanidade. É o grande entrave para que o povo cristão veja minha presença de carne e osso na Terra através da natural e eterna lei da reencarnação. A ressurreição é o reaparecimento espiritual de alguém que desencarnou, provando a imortalidade da alma. Eu ressurgi espiritualmente e assim apareci aos discípulos, por isso entrava nas casas estando as portas fechadas (João c.20 v.19 e 26). Quando a Bíblia relata que ceei com os discípulos, na verdade meu espírito estava usando um corpo alheio. Prova disto está no relato dos discípulos a caminho de Emaús. Durante todo o trajeto eles conversavam com um forasteiro sobre minha crucificação. Só na hora de partir o pão eles viram que não era o forasteiro e sim eu que estava no meio deles. Por que não viram antes já que conviveram comigo durante tanto tempo? Porque eu estava incorporado no forasteiro e só na hora de partir o pão, pela minha forma peculiar, eles se conscientizaram de minha presença (Lucas c.24 v.13 a 35). O mesmo sucedeu a Maria Madalena. Indagando ao jardineiro onde estava meu corpo, só depois percebeu que eu estava ali com ela. Se fosse o meu corpo físico, por que não me reconheceu imediatamente ao invés de confundir-me com o jardineiro? Porque mais uma vez eu estava usando o corpo dele para falar (João c.20 v.14 e 16). É mister deixar bem claro o que realmente aconteceu e eliminar de vez os dogmas (cadeados do raciocínio), abomináveis instrumentos de alienação e dominação das massas. A ressurreição física é um equívoco teológico e científico. Quando o Cristianismo tornou-se religião oficial do Império Romano já nos primeiros séculos da era cristã, introduziram-se crenças e rituais do paganismo então estabelecido no intuito de converter os súditos pagãos à nova religião; dentre elas estava a crença na ressurreição física das divindades (a exemplo de Hórus e Osíris, que segundo a lenda teriam ressurgido fisicamente e assim subido ao céu). Ademais, meu corpo estaria fadado ao congelamento, pois no espaço sideral não existe ar para respirar e a temperatura confina zero absoluto, ou seja, 273ºC negativos. Além disso, estaria nu, posto que os soldados romanos sortearam minhas vestes entre si (João c.19 v.23 e 24). Na verdade, meu corpo físico foi devolvido à mãe terra, conforme previsto desde a criação do mundo: 'Tu és pó, do pó tu foste tomado e ao pó retornarás' (Gênesis c.3 v.19). Enquanto os soldados romanos desguarneceram a vigília (Mateus c.28 v.13), o SENHOR enviou servos fiéis a recolherem meu corpo (Mateus c.27 v.55-56; Marcos c.15 v.47; Lucas c.23 v.55), cobri-lo com novos lençóis e enterrá-lo numa sepultura anônima, dando fim aos escárnios e deboches que perduravam mesmo após a crucificação e conseqüentedesencarnação ('...Salva-te a ti mesmo; se és o Filho de DEUS, desce da cruz... Ele salvou os outros, a si mesmo não se pode salvar; se é Rei de Israel, desce agora da cruz e creremos nele... Confiou em DEUS; se DEUS o ama, que o livre agora' – Mateus c.27 v.39 a 44)”.

0 comentários:

Top Ad 728x90